E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S

E G Y P T H U S: 15 Junho 2008

terça-feira, 17 de junho de 2008

Precursores da História III











































Objeto de 5000 anos inesplicavelmente sem solução


Desde 1936, ou seja, a 72 anos, os arqueólogos,cientistas,e diversos pesquisadores buscam encontrar a resposta do significado de uso e proveniência de uma peça com mais de 5000 anos. Este objeto de estranho formato,cheio recortes e de curvas, tem intrigado os estudiosos desde sua descoberta por arqueólogos em uma escavação no ano de 1936. É importante salientar-se que este objeto encontrava-se entre outros objetos totalmente incomuns; alguns desses em cobre, no entanto este, em especial de um material extremamente quebradiço e de difícil trabalho escultórico.


As descobertas deu-se na mastaba do príncipe herdeiro Sabu, primogênito do Farao Adjib – I Dinastia Egípcia. Sem dúvida que este foi colocado nesse enterramento por volta de 3.100 a.C.
O relato das descobertas em Saqara, próximo as Pirâmides de Giza, descrito o objeto como “um recipiente de xisto em forma de tigela”, mas não tendo sido apresentada nenhuma explicação satisfatória dessa peça, quanto a o seu estranho formato ou parte de que tipo de equipamento viria a pertencer; segundo pesquisador da Great Tombs of the First Dynasty ".


Este objeto feito de um único bloco de xisto - rocha deveras quebradiça que facilmente se rompe, separando-se em camadas finas e irregulares. Pode-se concluir que não fora usado, ou este objeto teria se partido. Talvez essa rocha em especial, fora escolhida para esculpir uma forma muito incomum e delicada por adequar-se ao seu sentido; preservando seu formato sem a utilização desta peça. Isso faz com que muitos outros estudiosos, concluam que, este objeto de xisto, seja uma replica, cuja forma original tivesse sido feita em metal.


Na verdade as perspectivas em torno desta peça ( objeto) são ainda hoje, inexplicáveis. Qual o tipo de metal existiria no quarto milênio a.C. para produzir objetos deste porte; qual processo de polimento e precisão, quem seriam os metalúrgicos especializados disponíveis nesta época, criando esse design complexo e delicado em sua estrutura; para que fins...
Os estudos técnicos deste e seu formato tornam-se extremamente intrigantes quanto a sua origem; uma peça circular, com 60 centímetros de diâmetro e menos de 10 centímetros à parte mais espessa. Teria sido obviamente fabricada para ajustar-se em haste de base tubular,que seria giratória em torno de um eixo. Seus três recortes, seguindo uma curva incomum,sugerem uma possível imersão em líquido durante sua rotação. Entre tanto este objeto teria caído em esquecimento desde 1936.


Quando foi lançado um design de um revolucionário tipo de volante desenvolvido na Califórnia. Encontra-se ligado ao programa espacial americano, no qual este volante, está preso à haste, parte giratória de um motor, que vem sendo utilizado há menos de dois séculos. Seu uso tem como meio de regulagem na velocidade de motores, também como acumulador de energia na potencialidade da partida, como nos compressores de nossa atualidade, inclusive dentro a aviação.


Os volantes eram bem mais pesado, mas em torno de 1970, engenheiros - Lockheed Missile & Space Company -inventaram um modelo diferenciado; rodado com bordas muito leves, com a finalidade de adequar-se a economia de energia na utilização dos trens de transporte e ônibus elétricos.









































A respeitada Airesearch Manufacturing Company deu continuidade a suas pesquisas, desenvolvendo um modelo desse volante, não chegando a ser aperfeiçoado. Esse modelo revolucionário de volante assemelhasse inexplicavelmente ao objeto com mais de 5000 anos, descoberto no Egito.














Perplexidade no fato de que, descobre-se uma peça, em uma mastaba de 3.100 a.C, misteriosamente semelhante à parte de um equipamento ainda em desenvolvimento em nossa época.
Quando está ainda na fase de confirmação da suficiência destas ferramentas de projeto necessário, que será adquirida com a análise dos dados de teste obtidos operando os rotores de turbina.














As características de projeto originais são exigidas no equipamento de teste para assegurar que cada rotor cerâmico, de um tamanho de amostra dado, está testado sob o representante das circunstâncias controladas de um ambiente de alta temperatura do motor de uma turbina. Este projeto do equipamento discute suas características originais, e apresenta as programações de teste exigidas para obter os dados de teste necessários para a confirmação das ferramentas de projeto da confiabilidade do rotor de turbinas.

...3100 a.C.....encontra-se em 2008 de nossa era!...

سونيا سالم

O Helicóptero de Abidos





Muito Interessante no Templo de Abidos
- Egito 3500 anos a.C.









































































سونيا سالم

As Lâmpadas de Dendera