E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S _______ E G Y P T H U S

E G Y P T H U S: Egito - I Introdução

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Egito - I Introdução



















Egito História e Mitologia
Pesquisando E G Y P T H U S
O Egito Faraônico


I - Os Egípcios deixaram gravados ao passar do tempo, grandes feitos, a própria história; como o registo dos Faraos, suas batalhas, suas crenças e sua religiosidade; quando pouco ainda se sabe. Entre os documentos históricos Vê-se, a Pedra de Palermo, onde gravados em hieroglifos os nomes dos Faraos desde o Pre-dinástico. As listas reais de Karnak e de Abydos, a Tábua de Saqara. Maneton, sacerdote egípcio que viveu na cidade de Heliópolis, no século III a.C. foi o um dos maiores responsáveis pela lista de Faraós do Egito desde a fundação do estado até à época de sua morte. O estudo da história do Egito, faz-se ao despertar desta civilização, através das descobertas, arqueológicas, trazendo do passado fatos descritos pêlos hieroglifos; a soberania, suas batalhas, grandes conquistas e seus personagens.
Faraós, soberanos ou semideuses?



A palavra Faraó, vem da linguagem hieroglifica, que como em egípcio, Per-âa, "o grande domínio", que designa de iniciar da soberania, tornando-se, uma divindade, herdada de Atum ou Horus, os deuses que designavam poderes ao Farao, mesmo antes do seu nascimento. O faraó era considerado o mediador entre os mortais e os deuses. Este, como um semideus, faria de seu reinado, dentro aos princípios da ordem, do direito, a justiça, o respeito e a adoração, dentro a harmonia.
*

A verdade não surgiu em nossa modernidade...
Tal como a conhecemos, mas vinda de um espírito de consciência; (correlação). A pergunta é: desde onde nos vem a verdade, o caráter e a justiça, e o que podemos chamar de integridade, crença, ética, honra e respeito?
A resposta esta relacionada ao renascimento de uma civilização, que retrata estes pertences individualísticos; relatado ao passar de mais de setenta séculos.
No Antigo Egito, (Msr em egípcio) o termo usado para apalavra verdade é Maat.

*O Maat surge aproximadamente em 2700 a. C. e estava associado ao deus sol Ra. O Maat, estava para o Faraó, em sua administração, ao povo, nos rituais dos templos e aos preparativos funerários. O Maat se associa a Osíris, o deus pós morte. Para os egípcios antigos, a palavra Maat significava além da verdade, a dignidade e justiça.
سونيا سالم


Um comentário:

"Antonio" disse...

Muito legal este espaço de cultura Egípcia um grande ponto de pesquisa
para quem passar aqui susseço antonio Abraços.

http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/